Pernambuco: Quatro crianças e adolescentes da mesma família morrem por afogamento em açude no Agreste 

Uma tragédia chocou os moradores da cidade de Capoeiras, no Agreste de Pernambuco. Quatro jovens de uma mesma família morreram por afogamento em um açude na zona rural daquele município.

Todas as vítimas são parentes: duas irmãs, uma de 15 e outra de 13 anos, o sobrinho delas, uma criança de 4 anos, e uma quarta vítima, um garoto de 10 anos.

O caso aconteceu no feriado de Finados, na quinta (2), mas foi confirmado pela Prefeitura de Capoeiras nesta sexta (3).

Os corpos das vítimas foram encontrados submersos em um açude no Sítio Junco, que fica na zona rural daquele município.

O Executivo municipal publicou uma nota de pesar, em suas redes sociais, lamentando a tragédia que vitimou os jovens.

“É com imenso pesar, que a Prefeitura de Capoeiras lamenta a grande tragédia ocorrida nesta quinta (2), na zona rural do município. Quatro crianças, estudantes da Rede Municipal de Ensino vieram a óbito após serem vítimas de afogamento”, disse em nota.

Ainda segundo a gestão municipal, a prefeitura irá prestar a solidariedade aos familiares e amigos das vítimas.

Segundo informações extraoficiais, o afogamento das vítimas aconteceu por volta das 14h. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Pernambuco (CBMPE) chegou a ser acionada, entretanto, os socorristas foram desmobilizados, pois os corpos das quatro vítimas já haviam sido retirados por populares, ficando às margens do rio até a chegada da polícia.

De acordo com informações extraoficiais, as vítimas foram identificadas como Pedro Lucas Silva Almeida, de 4 Anos, Carlos Daniel Oliveira Santos, de 10 anos, Sara Vitória Cristina da Silva, de 13 e Joanna Beatriz Silva Lima, de 15 anos.

Uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) esteve no local para realizar perícia nos corpos das quatro vítimas e, em seguida, foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste do estado.

Notas

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que a 18ª Delegacia de Garanhuns está investigando um afogamento, na Lagoa do Junco, em Capoeiras, e está “empenhada nas diligências”.

A Polícia Militar informou que o 9º BPM registrou uma ocorrência de afogamento no Sítio Junco, localizado em Capoeiras.

“Viaturas se deslocaram até o endereço citado e constataram o fato. As guarnições permaneceram no local até a chegada dos órgãos competentes”. (Diário PE)

Fechado para comentários

Veja também

Centro de Controle de Zoonoses recolhe animais abandonados de grande porte em Petrolina

Uma das atribuições do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) é a retirada de animais de gra…