Pernambuco: Ministério Público solicita informações detalhadas sobre manutenção predial do Hospital da Restauração

O Ministério Público de Pernambuco continua apurando o desabamento de parte do teto do Hospital da Restauração no Recife (PE) e solicitou na segunda-feira (16) informações detalhadas sobre manutenção predial da unidade.

Por meio das 11ª e 34ª Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação na Defesa da Saúde, o MP expediu ofício à Diretoria do Hospital da Restauração requerendo cópia do parecer técnico sobre o risco de novos desabamentos no setor laranja da unidade e informações sobre a realização de manutenção predial corretiva e preventiva na unidade hospitalar, com a remessa do respectivo protocolo (ou similar) que comprove a existência de rotinas com essa finalidade. O prazo conferido foi de 10 dias.

Foram requeridas ainda informações sobre a realização de inspeções periódicas na unidade pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de Pernambuco, bem como a existência de atestado de regularidade do imóvel, emitido pela corporação (inclusive sua validade).

À Diretoria do HR ainda foi solicitado informar sobre as providências adotadas pela Secretaria Estadual de Saúde – SES após o incidente ocorrido em 02 de maio de 2022, com o repasse de recursos para realização de serviços urgentes no imóvel hospitalar, com a indicação do montante e as obras previstas; bem como informar sobre o plano de investimento da SES no HR, na ordem de 24 milhões de reais, abarcando a aquisição de equipamentos e a reforma da estrutura interna e externa da unidade, noticiado pela pasta estadual de saúde ao MPPE, na audiência do dia 12 de maio.

 

Fechado para comentários

Veja também

Confira as oportunidades de trabalho para Petrolina (PE) nesta quinta-feira (11)

Nesta quinta-feira, das 650 vagas para trabalhar, 57 são para pessoas com deficiência (PCD…