Pernambuco lidera cadastro de DNA de condenados no banco nacional de perfis

0

Pernambuco ocupa atualmente o primeiro lugar no ranking de cadastro de DNA de condenados no banco nacional de perfis. A iniciativa de coleta de DNA foi incentivada pelo Ministério da Justiça, que pretende, até o fim de 2022, concluir o cadastro de todos os presos condenados por crimes dolosos no país.

A medida faz parte do pacote anticrime recentemente aprovado na Câmara Federal e de autoria do ministro da Justiça, Sergio Moro. A partir da coleta, se torna mais fácil a identificação de responsáveis por mais de um crime complexo.

Cerca de 67 mil perfis de condenados pela Justiça já foram inseridos no banco nacional de DNA. Desse total, mais de 12 mil perfis foram coletados e cadastrados pela Polícia Cientifica de Pernambuco. “A gente tem hoje 12.397 mil perfis inseridos, só de condenados. Conseguimos fazer coleta em todas as unidades prisionais do Estado”, ressalta Sandra Santos, gerente geral de Polícia Cientifica de Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Educação de Petrolina conquista liderança entre grandes cidades no Idepe

Petrolina voltou a se destacar como referência em ensino público municipal. Após obter res…