Pernambuco: 42 eletricistas mulheres são contratadas pela Celpe

Com a finalidade de ampliar a igualdade de gênero e incentivar a inserção feminina para atuar em uma profissão predominantemente ocupada por homens, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) contratou, na terça-feira (11), 42 novas mulheres eletricistas. As novas profissionais da concessionária foram qualificadas pela própria Celpe, por meio da Escola de Eletricistas. Cinco delas concluíram o curso em turmas mistas, com homens e mulheres. As demais se formaram em turmas exclusivas para mulheres.

serviços

As novas eletricistas estão aptas para realizar todos os serviços relacionados à rede de distribuição de energia elétrica. Durante a capacitação, todas cursaram disciplinas teóricas e práticas, com uma carga horária de 596 horas. As aulas ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-PE) foram desde o funcionamento da eletricidade, até o uso adequado dos equipamentos de proteção individual, das ferramentas e a forma de contato com a rede, tudo com o foco na segurança e no bom atendimento ao cliente.

“Essas contratações são muito importantes para a Celpe, pois demonstram de forma clara nossa intenção em tornar nossa força de trabalho cada vez mais igual, sem nenhum tipo de diferença ou predileção relacionada ao gênero. Essas mulheres chegam prontas para vestir a farda da Celpe e oferecer o mesmo serviço, com a mesma qualidade e segurança que qualquer homem. Todas as alunas que passaram pela Escola de Eletricistas estão aptas para trabalhar em qualquer distribuidora de energia do Brasil”, afirmou o presidente da Celpe, Saulo Cabral.

Localidades de atuação

As 42 novas contratadas serão distribuídas nas equipes da Região Metropolitana e do Agreste, sendo 12 no Cabo de Santo Agostinho, 20 em Caruaru, nove em Garanhuns e uma no Recife.

Além de desenvolver e fortalecer a formação profissional técnica qualificada com foco em segurança, a ação faz parte do compromisso da distribuidora com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que colocam a Igualdade de Gênero como uma das grandes metas globais a serem atingidas até 2030.

A capacitação também conta com o apoio do Governo de Pernambuco. A Escola de Eletricistas para Mulheres é a primeira parceria firmada com uma instituição privada pelo Programa PE com Elas, desenvolvido pela Secretaria Estadual da Mulher.

DISTRIBUIÇÃO DAS MULHERES ELETRICISTAS PELO ESTADO
REGIONAL – ELETRICISTAS
Cabo de Santo Agostinho – 12
Caruaru – 20
Garanhuns – 09
Região Metropolitana do Recife – 01

(ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Ministério Público recomenda fiscalização para fazer cumprir medidas de restrição

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de justiça Rita de Cássia Rodrigues, …