Penitentes mantêm tradição secular em Juazeiro (BA) durante a quaresma

Junto com a Páscoa, os penitentes de Juazeiro (BA) encerram o seu período de procissão pelas ruas da cidade. A tradição secular é seguida por mulheres e homens vestidos de branco, que entoam cantos e rezas para alimentar as almas daqueles que morreram sem ter seus pecados perdoados.

Da Quarta-feira de Cinzas até Sexta-feira Santa, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, o Cordão de Dona Nenezinha, único remanescente da tradição em Juazeiro, caminha pelas ruas do bairro Santo Antônio até o Cemitério Municipal, carregando uma cruz e percorrendo suas 7 estações de oração.

“O Cordão de Alimentadeiras das Almas de Dona Nenezinha existe desde 1901, passando de uma geração para outra. Os penitentes são um patrimônio vivo de Juazeiro e nós estamos fazendo o possível para preservar e fortalecer essa tradição”, disse o secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro, Sérgio Fernandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…