Pela 1ª vez em mais de um século de devoção, Dia de Nossa Senhora de Fátima será celebrado sem a presença dos fiéis na igreja em Juazeiro (BA)

A Igreja celebra, nesta quarta-feira (13), Nossa Senhora de Fátima e, pela primeira vez em mais de um século de devoção, muitos fiéis não poderão ir aos templos, Em Juazeiro (BA), contudo, esse encontro entre mãe e filhos será possível, mesmo com as medidas restritivas para conter o avanço do novo coronavírus.

Na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, com matriz no bairro Alto da Aliança – dois momentos marcam a data. O primeiro foi às 9h, com Missa Solene presidida pelo bispo diocesano Dom Beto Breis. O segundo momento será às 18h30, com carreata pelas ruas do bairro com a imagem de Fátima. (apenas com um carro).

Na Paróquia Santo Afonso haverá Missa e Coroação de Nossa Senhora às 19h30 direto da comunidade de Nossa Senhora de Fátima no bairro Tancredo Neves, que poderá ser acompanhada online também pelo Distrito de Pinhões, que tem como padroeira a Virgem de Fátima e pertence a paróquia.

As duas solenidades eucarísticas poderão ser acompanhadas em tempo real pelos fiéis por meio do Facebook e Instagram de cada paróquia.

História

Nossa Senhora de Fátima ou, formalmente, Nossa Senhora do Rosário de Fátima, é uma das invocações marianas atribuídas à Virgem Maria e que surgiu com base nos relatos das aparições reportadas por três pastorinhos no lugar da Cova da Iria, na freguesia de Fátima, em Portugal.

De acordo com os testemunhos das três crianças Lúcia, Jacinta e Francisco, a primeira aparição da Virgem Maria terá ocorrido no dia 13 de maio de 1917 e o fenômeno se repetiu durante seis meses seguidos, sempre no dia 13 (excetuando-se o mês de agosto, em que ocorreu a dia 19), até 13 de outubro de 1917.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Agência do Banco do Brasil do shopping Águas Center em Juazeiro (BA) encerra atividades e será desativada nesta segunda (19)

Depois de anos em funcionamento, a população de Juazeiro (BA) vem demonstrando revolta e i…