Paulo Valgueiro desafia grupo do Prefeito Miguel Coelho a investigar São João do Vale e São João de Petrolina

0

O vereador e líder da Bancada de Oposição Paulo Valgueiro usou a tribuna da Casa Plínio Amorim, na sessão ordinária desta quinta (07), para esclarecer alguns episódios sobre a prestação de contas de 2016, do então prefeito Julio Lossio e sobre o São João do Vale e aproveitou o ensejo para desafiar os vereadores do grupo do prefeito Miguel Coelho a investigar o São João de Petrolina.

Valgueiro reavivou a memória dos vereadores situacionistas que ao prestar as contas do último ano de gestão do ex- prefeito Lossio, a equipe de governo de Miguel Coelho não informou um e-mail institucional da prefeitura ao Tribunal de Contas, e-mail este que Lossio não teria acesso a quaisquer notificação já que tinha acesso.

“Foi uma surpresa receber pela imprensa a informação de que o TCE teria emitido parecer prévio pela rejeição das contas de 2016, último ano da gestão do Prefeito Julio Lossio, uma vez que o mesmo não foi notificado para apresentar defesa prévia, nem para prestar esclarecimento a respeito desse processo, visando comprovar a regularidade dos atos da gestão.Não vou questionar aqui o papel do Tribunal de Contas, que sempre age dentro dos ditames legais e com a lisura que os processos requerem, mas, pelo que já foi apurado, neste caso, as notificações foram encaminhadas para um e-mail institucional da Prefeitura de Petrolina, que, por algum motivo, não informou ao Tribunal o equívoco nas intimações e tampouco teve a cortesia de repassar ao ex-prefeito Julio Lossio as notificações recebidas, como era feito nas gestões de Lossio, em que os ex-gestores eram informados das notificações recebidas do TCE e de outros órgão fiscalizadores”, frisou Valgueiro.

O vereador destacou também durante o seu pronunciamento que “as contas de 2016 foram prestadas em março de 2017, pela gestão de Miguel Coelho, que certamente, por malícia ou incompetência, deixou de passar ao Tribunal informações e documentos importantes à regularidade das contas”.

De acordo com Valgueiro, o ex-prefeito Julio Lossio vai recorrer ao Tribunal de Contas, inclusive arguindo a nulidade da notificação remetida à Prefeitura e não ao ex-gestor, solicitando a devolução do prazo de defesa, a fim de comprovar a regularidade e legitimidade de todos os atos praticados em sua gestão. “Inclusive, necessário destacar que todas as contas da gestão do ex-prefeito Julio Lossio foram aprovadas pelo Tribunal de Contas”.

Outro tema abordado pelo líder da Bancada Oposicionista foi sobre o processo do São João de 2012 e 2013, o São João do Vale. Valgueiro desafiou o grupo de vereadores a investigar o São João de 2012 até 2019.

“Em relação ao Processo Judicial referente ao São João do Vale de 2012 e 2013, que está sendo objeto de muitas postagens na imprensa e nas redes sociais, só tenho a dizer que as partes já foram citadas e seus advogados acionados para elaboração de suas defesas, a fim de demonstrar a lisura dos procedimentos.Todos sabem que em sua gestão o ex-prefeito Julio Lossio trouxe de volta a tradição do São João com um grande evento que incluiu Petrolina na rota nacional do turismo junino, gerou renda e emprego para os petrolinense”, citou em discurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pandemia: Pesquisa vai analisar saúde física e mental dos professores da Univasf

Avaliar a saúde física e mental de professores da Universidade Federal do Vale do São Fran…