Paraibana morre no Hospital Universitário de Petrolina vítima de H1N1

0

A assistente social Nadjilla Francilene Lopes Furtado, de 38 anos de idade, faleceu na madrugada desta quinta-feira (06) no Hospital Universitário de Petrolina. Ela é natural Marizópolis, região de Sousa, no Sertão da Paraíba.

Nadjilla estava internada há 14 dias com suspeitas da Gripe H1N1. Um exame particular realizado pela família confirmou a doença como a causa da morte.

Nadjilla residia em Petrolina há 12 anos, deixa dois filhos e era casada com Darlan Alves, natural do distrito de São Gonçalo, município de Sousa. O sepultamento será realizado em Marizópolis.

O Hospital Universitário informou ao Blog que o caso está sendo apurado e que em breve enviará uma nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem é assassinado em possível situação de roubo na zona rural de Juazeiro (BA)

Um homem não identificado foi morto nesta terça-feira (23), na zona rural de Itamotinga. A…