Para Gonzaga Patriota juntar PT e PSB seria um “suicídio”

0

Um possível acordo entre o PT e PSB, que rifaria a candidatura de Lucas Ramos (PSB) na disputa pela Prefeitura de Petrolina, foi classificada como um “risco” pelo deputado federal Gonzaga Patriota (PSB).

“Eu vi a notícia sobre esse suposto acordo, mas não creio que tenha acontecido, nem deverá acontecer porque nada me foi informado sobre. Esse eventual acordo não é importante nem para o PT e Odacy Amorim. Se a gente da oposição se juntar, corre o risco de Miguel Coelho ser reeleito no 1º turno. E nós já conversamos com Odacy Amorim e Júlio Lóssio para colocarmos 3 ou 4 candidaturas”, disse Gonzaga.

No acordo, o PT lançaria o ex-deputado Odacy Amorim em Petrolina, e em troca apoiaria João Campos (PSB) na disputa do Recife. Que consequentemente rifaria Marília Arraes na disputa pela Prefeitura da capital.

Gonzaga afirma que não foi procurado pelo PSB a respeito do eventual acordo. “Nem o presidente estadual do partido, Sileno Guedes, e nem o governador Paulo Câmara falaram comigo. Mas se quiserem juntar (PSB e PT), fazemos esse suicídio juntos”, disse Patriota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Jacobina (BA) registra primeiro caso positivo de Covid-19 no município

O município de Jacobina (BA), que fica a cerca de 250 km de Juazeiro (BA), registrou na ta…