Osório Siqueira dispara críticas à ocupação de Movimentos Sociais durante Audiência Pública: “deselegante, falta de respeito com o rio São Francisco”

1

Após Audiência Pública para tratar da situação do Rio São Francisco e do projeto de interligação do Rio Tocantins na Câmara Vereadores de Petrolina ser interrompida por diversos movimentos sociais que aderiram à Greve Geral nesta sexta-feira, (30), o presidente da Casa Plínio Amorim Osório Siqueira afirmou: “confundiram audiência pública com sessão ordinária”, e soltou o verbo.

“Isso foi uma forma deselegante, falta de respeito com o rio São Francisco, vieram aqui com gritos de golpistas, por isso cancelei a audiência, repudio a forma dos organizadores protestarem”, disparou o Osório.

A Audiência Pública contou com a presença de deputados, à exemplo de Gonzaga Patriota, Odacy Amorim, representantes de vários Estados e o presidente da Casa, tentou manter o debate do encontro durante 20 minutos, mas sem êxito.

1 Comentário

  1. Machado Freire

    30 de junho de 2017 em 22:01

    São movimentos anti-sociais, incovenientes, desorientados e destino.

    Uma nau sem rumo !

    Responder

Deixe uma resposta para Machado Freire Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Aniversário do bairro José e Maria em Petrolina será celebrado com shows e programação esportiva

Um dos maiores bairros de Petrolina, o José e Maria, comemora 40 anos de fundação no mês d…