Operação conjunta da Neoenergia Coelba e Polícia Militar desarticula furto de energia em Juazeiro (BA)

Em mais uma operação de combate ao furto de energia elétrica, a Neoenergia Coelba, em parceria com a Polícia Militar, recuperou o equivalente a 80 mil quilowatt/hora de energia no município de Juazeiro, o que seria suficiente para abastecer cerca de 600 unidades residenciais durante um mês. A ação teve como objetivo garantir a segurança e a confiabilidade do fornecimento de energia na região.

As ligações clandestinas foram identificadas em propriedades agrícolas na Vila dos Carneiros, que estavam fraudando o consumo de energia elétrica por meio de desvio realizado antes da medição. Além disso, as propriedades acumulavam dívidas no valor de 45 mil reais. A operação desativou seis bombas ligadas de forma irregular e corrigiu três propriedades com irregularidades na medição.

“Estamos atuando de forma incansável para combater as ligações clandestinas e o furto de energia em toda a Bahia. A Neoenergia Coelba vem investindo em tecnologia e intensificando as ações em campo para identificar todo o tipo de fraude, independente do porte da unidade consumidora”, ressaltou o gerente de Gestão da Receita, Rodrigo Almeida.

Ao todo, mais de quarenta e cinco gambiarras na rede da Neoenergia Coelba foram desligadas. Além de ilegal, essa prática põe em risco a vida de quem a executa e de toda a população ao redor. As ligações irregulares também podem provocar prejuízos à rede elétrica, causando interrupções e exigindo reparos por parte dos profissionais da distribuidora.

O furto de energia também é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática. Por estes motivos, é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Morre Padre Reginaldo Veloso, autor de músicas da liturgia cantadas nas dioceses de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA)

O padre Reginaldo Veloso morreu aos 84 anos, no Recife. A morte aconteceu na noite da quin…