Obras de construção do Hospital Dom Tomás segue avançada

0

hospital

Com quase 3.000 m² de área em execução, além do local destinado ao centro de radioterapia, o Hospital Dom Tomás que atenderá em uma estrutura moderna e qualificada os pacientes com câncer, está cada dia mais perto de se tornar uma realidade.

Após a conclusão da estrutura física será realizada a montagem de equipamentos e mobílias. A Unidade de Alta Complexidade vai oferecer serviços de prevenção com exames laboratoriais e tratamentos complexos como quimioterapia, hormonioterapia, cirurgia de pequeno, médio e grande porte e pediátrica; além de radioterapia, mastologia, urologia, hematologia, ginecologia, patologia, clínica geral, cuidados paliativos; serviços de enfermagem, nutrição, assistência social e fisioterapia.

A obra e aquisição de aparelhos de ponta para montagem da estrutura é feita através do trabalho da diretoria da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (APAMI), que já realiza desde 1998 atendimento oncológico a população de Petrolina e de mais três estados; além das contribuições da sociedade, entidades e poder público através de emendas parlamentares.

“Em breve Petrolina e região contarão com um moderno espaço de atendimento a pacientes com câncer. O Hospital Dom Tomás vai possibilitar a ampliação da meta de assistência, dando ainda mais qualidade no tratamento com local amplo e concentrando todas as atividades prestadas pela Apami”, afirmou o diretor presidente da Instituição Augusto Coelho.

A primeira etapa do HDT terá em funcionamento enfermarias adulto/pediátrica e cuidados paliativos, bloco cirúrgico, emergência e unidade semi-intensiva. As demais alas serão inauguradas gradativamente.

Para realizar doação e contribuir com a construção do HDT o procedimento pode ser feito através da Central de Telemarketing da Apami pelo telefone (87) 3864-2594.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Idosa de 96 anos com fratura no fêmur aguarda cirurgia de urgência no Hospital Universitário

A idosa Ananda Simão de Lima, de 96 anos de idade, fraturou o fêmur na tarde de terça-feir…