Número de mortes nas estradas federais da Bahia triplica durante carnaval 2020, aponta PRF

0

O número de mortes decorrentes de acidentes nas rodovias federais que cortam a Bahia triplicou durante o carnaval deste ano, em comparação ao mesmo período de 2019. Os dados da Operação Carnaval, iniciada na sexta-feira (21) e encerrada na noite de quarta-feira (26), foram divulgados na quinta (27), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Conforme detalhou a PRF, no período da ação, foram registradas nove mortes, enquanto no período da folia no ano passado foram três óbitos.

Outro dado que aumentou foi o de número de acidentes nas rodovias baiana. Durante o carnaval deste ano, a PRF registrou 61 acidentes. No ano passado foram 52. Desse total, 26 ocorrências foram graves e 89 pessoas ficaram feridas.

Nos seis dias de operação, a PRF autuou 2.296 condutores cometendo ultrapassagens proibidas, infração que lidera o ranking do órgão.

Foram fiscalizados 11.704 veículos e 13.974 pessoas no período da operação. Também foram realizados 10.330 testes do bafômetro, com 328 casos de pessoas que dirigiram sob efeito de bebida alcoólica.

Comparado ao carnaval de 2019, houve aumento de 10% dos casos de alcoolemia, tendo em vista que no ano anterior foram 294 autuados. A infração é gravíssima e a multa é de R$ 2.934,70.

Durante as fiscalizações, a PRF também emitiu 73 autos de infração para motociclistas sem capacete e 7 motoristas foram flagrados manuseando aparelho celular. Quando o alvo das fiscalizações foi o condutor ou passageiro sem cinto de segurança, 539 autos foram emitidos, contra 405 em 2019.

A PRF informou que focou a fiscalização, principalmente, no combate a condutas como: excesso de velocidade, embriaguez ao volante e as ultrapassagens proibidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Prefeito de Casa Nova (BA) propõe que políticos doem metade do salário para combater Coronavírus

O Prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres,postou uma mensagem defendendo a doação de 50%…