“Não há indícios” de ato terrorista em desabamento de ponte nos Estados Unidos, diz polícia

A polícia americana diz que não vê “indícios” de que o desabamento de uma importante ponte após a colisão de um navio, na cidade de Baltimore, em Maryland, nos Estados Unidos, seja resultado de um ato terrorista. A empresa que opera o navio Dali, que colidiu em uma ponte de Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos, afirmou que ninguém ficou ferido entre os integrantes da tripulação.

“Não há absolutamente nenhum indício de que haja terrorismo, de que isso tenha sido feito de propósito”, afirmou o comissário de polícia de Baltimore, Richard Worley.

A ponte Francis Scott Key atravessa o porto de Baltimore e foi atingida pela embarcação na madrugada desta terça-feira. A causa da colisão ainda não foi determinada.

“Todos os membros da tripulação, incluindo os dois pilotos, foram localizados e nenhum ferido foi registrado”, afirma a Synergy Marine Group em um comunicado divulgado em seu site.

O governador de Maryland, nos Estados Unidos, declarou estado de emergência após o incidente. Em comunicado, Wes Moore afirmou que está em contato com Pete Buttigieg, secretário de Transportes dos Estados Unidos.

“Estamos trabalhando com uma equipe interagências para mobilizar rapidamente recursos federais da administração Biden”, disse o governador.

Segundo Kevin Cartwright, diretor de comunicações do Corpo de Bombeiros de Baltimore, ao menos 20 pessoas e vários veículos caíram no rio Patapsco. Equipes de salvamento buscam pelo menos 7 vítimas. O navio de carga tem bandeira de Singapura e saiu de Baltimore no início da madrugada com destino a Colombo, no Sri Lanka, em uma viagem de 27 dias. Ainda não há informações sobre a extensão dos danos.

“Sabemos que até 20 indivíduos podem estar no rio Patapsco neste momento, assim como vários veículos” declarou Cartwright à CNN.

O vídeo da colisão mostra a embarcação indo em direção a uma das colunas de suporte da ponte antes de colidir com ela, fazendo com que parte da ponte caísse na água em poucos segundos.

Cartwright disse ainda, que eles estão trabalhando com a Guarda Costeira dos EUA e uma equipe de mergulhadores está no rio para operações de busca e resgate, com temperaturas ao redor do porto em torno de -1ºC.

“A ponte I-695 Key desabou devido ao choque de um navio”, informou a Autoridade de Transporte do estado de Maryland, mencionando a rodovia que atravessa o local.

O prefeito de Baltimore, Brandon Scott, disse em uma postagem nas redes sociais que estava a caminho do “incidente” na ponte. “O pessoal de emergência está no local e os esforços estão em andamento”, acrescentou.

O site de monitoramento de navios MarineTraffic informou que um navio de contêineres com bandeira de Singapura parou sob a ponte na madrugada de terça-feira.

Fechado para comentários

Veja também

Simão Durando anuncia projeto de pavimentação em 16 bairros de Petrolina (PE); veja se o seu está na lista

O prefeito Simão Durando anunciou nessa terça-feira, (23) durante participação no Programa…