Mototaxistas de Petrolina (PE) são assaltados em Juazeiro (BA) e lamentam que PM não compareceu para atender ocorrência

O m0totaxista  de Petrolina (PE) Luiz Carlos de Menezes, esteve no programa Edenevaldo Alves nesta segunda-feira (24),  após ser vítima de um assalto na última terça-feira (18),  na cidade de Juazeiro. A entrevista teve como objetivo fazer um apelo à segurança pública e solicitar que a polícia da cidade baiana inicie as investigações para encontrar dois veículos roubados pelos criminosos. Segundo relato de Luiz, no dia do crime a PM-BA foi acionada e não compareceu para atender a ocorrência.

O mototaxista disse que ele e um colega de serviço  foram abordados por volta das 13h20, por dois  homens que se passavam por clientes no ponto da Av. Souza Filho, centro de Petrolina. Os supostos passageiros informaram que a  corrida seria para o bairro de Dom José Rodrigues, em Juazeiro e anunciaram o assalto um pouco depois do endereço citado, mais precisamente  perto do Residencial Dr. Humberto III, nas imediações da entrada do Rodeadouro.

Luiz, que atua no ramo há 16 anos afirma que os assaltantes estavam armados, e que um deles chegou a efetuar um disparo na tentativa de intimidar os trabalhadores. Na fuga, os criminosos deixaram o celular de Luiz cair e foi através dele que as duas vítimas ligaram  para a polícia, e logo após, pediram socorro em  grupos do whatsapp de mototaxistas  e de outros conhecidos.

Luiz diz que ele e o colega esperaram pela polícia cerca de duas horas e lamenta que  nenhuma guarnição tenha comparecido. Os dois trabalhadores foram socorridos pelos colegas mototaxistas que se deslocaram até o endereço assim que ficaram sabendo do assalto.

O trabalhador afirma que o  Boletim de Ocorrência foi registrado às 16h05, e  que em paralelo com sua ida à delegacia, seus colegas mototaxistas iniciaram as investigações, por conta própria, após receberem informações sobre rastros deixados pelos suspeitos no bairro Jardim das Acácias.

No local, os mototaxistas encontram parte dos adesivos da motocicleta de Luiz, uma moto Honda Biz, possivelmente fruto de roubo,  drogas e  uma arma  de fogo.   As diligências de centenas de  mototaxistas continuaram pelas ruas de Juazeiro até 21h30.

Luiz afirma que neste momento a categoria de mototaxistas de  Juazeiro e Petrolina está unida para exigir celeridade da polícia para elucidar  o crime “Eu exijo das autoridades de Juazeiro uma reposta, pois a pista nós demos todas elas”, desabafou, Luiz.

A redação do Blog solicitou uma nota da Polícia Militar. “Para a apuração dos fatos mencionados, necessitamos de maiores informações que deverão ser prestadas pelos prejudicados na Ouvidoria da Companhia Independente de Polícia Militar da área informada, para que seja instaurado o procedimento apuratório correspondente”, respondeu a assessoria da CPRN.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…