Morte e despedida de Padre Marcos Tillia emociona fiéis em Sento Sé (BA)

Na manhã de Sexta-feira Santa (02), a população de Sento Sé (BA) despediu-se do Pe. Marcos Tillia, missionário norte americano que trabalhou por 45 anos como padre na Paróquia local dedicada a São José. A Celebração solene das Exéquias foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom Beto Breis, acompanhado por diversos outros sacerdotes: Pe. José Severino, Pe. José Potter, Pe. João Borges e Pe. Claudemiro.

Muitas pessoas foram despedir-se do padre que era considerado por muitos como pai. Foi lembrado também como “padre aviador”, pois era piloto de avião e chegava às comunidades literalmente “pelos ares”. Atuou na cidade como um piedoso sacerdote, mas também com ações marcantes na área da educação da juventude e da saúde.

Pe. Marcos Tillia chegou na Diocese em outubro de 1969, à convite do nosso primeiro Bispo, Dom Tomás Murphy (também norte americano), que o trouxe justamente por seu talento em pilotar aviões, em uma época em que os acessos às localidades do interior eram muito mais difíceis que hoje.

Após a Celebração sonene das Exéquias o cortejo com o corpo do Pe. Marcos seguiu para o cemitério local, onde o sacerdote missionário foi enterrado, como tinha sido seu desejo.

Em sua homilia, Dom Beto Breis resumiu o sentimento de todos os presentes: “Pe. Marcos amou Sento Sé, e foi amado por Sento Sé”. O “padre aviador” realizou o seu último vôo em direção à eternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Covid-19: Merendeira que ajudou crianças em massacre de Suzano (SP) é a 1ª profissional da categoria a ser vacinada no Brasil

A funcionária da cozinha Silmara Cristina Andrade, 51, da escola Estadual Raul Brasil, em …