Moro pede demissão do ministério da Justiça: “Já vou começar a empacotar as minhas coisas”

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, anunciou sua demissão do cargo nesta sexta-feira (24). Ele não concordou com a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal e por isso sua permanência no governo ficou insustentável.

“Nós tínhamos um compromisso e eu fui fiel a esse compromisso. O meu futuro:  já vou começar a empacotar as minhas coisas e vou providenciar aqui o meu encaminhamento da minha carta de demissão. Infelizmente não tenho como persistir com o compromisso que assumi sem que eu tenha condições de trabalho, sem que eu tenha condições de reservar autonomia da Polícia Federal para realizar seus trabalhos ou sendo forçado a sinalizar uma concordância como interferência na Polícia Federal”, pontuou durante coletiva de imprensa nesta sexta.

A saída de Moro é a nona mudança ministerial no governo Bolsonaro em 16 meses de gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Butantan volta a ganhar ritmo e entrega mais 1 milhão de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde

O governo de São Paulo e o Instituto Butantan entregaram um novo lote de um milhão de dose…