Ministério Público espanhol vai recorrer da condenação de Daniel Alves por estupro, diz agência

O Ministério Público espanhol vai recorrer da condenação por estupro imposta por um tribunal de Barcelona ao jogador de futebol brasileiro Daniel Alves, de quatro anos e meio de prisão, para tentar endurecê-la, disse nesta sexta-feira (1º) uma fonte jurídica ouvida pela AFP.

O MP vai tentar aumentar a pena recebida por Alves, que foi considerado culpado pelo tribunal de ter estuprado uma mulher no banheiro de uma boate em Barcelona, no final de 2022.

O ex-jogador foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão. De acordo com a sentença, ele jogou a mulher no chão do banheiro de uma boate em Barcelona, imobilizou-a e penetrou sem consentimento. A pena foi atenuada após pagamento de 150 mil euros (R$ 801,2 mil) para ser entregue à vítima.

Fechado para comentários

Veja também

Governo de Pernambuco contrata empresa organizadora do concurso da Polícia Científica com 213 vagas

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (23), a contratação da empresa AOCP &#…