Ministério Público da Bahia emite nota de repúdio sobre prova de concurso que desrespeitou justiça baiana

0

O Ministério Público do Estado da Bahia emitiu uma nota de repúdio sobre a prova do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), aplicada no último domingo (15). Na questão nove de língua portuguesa, o enunciado questionava a justiça baiana por meio de conteúdo preconceituoso.

Na nota o MP faz críticas à banca realizadora. “É inconcebível que uma respeitada instituição organizadora de certames promova insinuação jocosa e desrespeitosa ao Poder Judiciário”.

Confira:

O Ministério Público do Estado da Bahia vem a público repudiar o teor da prova do concurso público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), realizado no último domingo, dia 15, pela Fundação Getúlio Vargas, em razão do conteúdo preconceituoso em relação à justiça baiana.

É inconcebível que uma respeitada instituição organizadora de certames promova insinuação jocosa e desrespeitosa ao Poder Judiciário, sobretudo em uma avaliação para futuros integrantes do próprio sistema de justiça. O Ministério Público solidariza-se com todos os desembargadores, juízes e servidores do Tribunal de Justiça da Bahia e lastima profundamente o ocorrido, na esperança de que haja uma retratação por parte da empresa e do TJCE e punição dos responsáveis pelo grave insulto. Reafirma, por fim, a confiança no trabalho dedicado realizado por cada um dos integrantes da justiça baiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA) : Tiroteio em Maniçoba deixa dois mortos, entre eles o empresário Santaninha do Baia Cook

Um tiroteio registrado na noite de sábado (16)  deixou pelo menos duas pessoas mortas  e t…