Ministério de Minas e Energia afirma que não há risco de racionamento de energia em 2021

O secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Christiano Vieira da Silva, informou que neste ano de 2021 não há indicação de falta de recursos para o atendimento de energia do país em 2021.  A confirmação acontece mesmo diante com a crise hídrica enfrentada pelo Brasil este ano, que registra o pior nível de chuvas dos últimos 91 anos.

Segundo Silva, a região Sudeste é responsável por 70% da capacidade de armazenamento do Brasil e está com apenas 26% de sua capacidade. Acrescentou que a bacia mais atingida é a do Rio Paraná e seus afluentes, como o Tietê e o Paranaíba.

Por conta desse cenário o secretário explicou, que, desde outubro de 2020, o Organizador Nacional do Sistema (ONS) já vinha recomendando a complementação de energia por meio do acionamento das usinas termelétricas. Além desta medida o governo também vem adotando outras como a importação de energia de países vizinhos, facilitação da oferta por parte de usinas sem contrato, e geração excedente de usinas à biomassa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra mais 10 novos óbitos pela covid-19; Pacientes tinham entre 43 e 100 anos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste domingo (26/09), 205 casos da Cov…