Ministério da Saúde investiga 58 casos de hepatite infantil misteriosa

O Ministério da Saúde informou que o número de casos suspeitos de hepatite misteriosa no Brasil subiu para 58. A maior parte foi observada no estado de São Paulo, onde 23 crianças estão sendo acompanhadas. A nova cepa da doença também atinge Minas Gerais (8), Rio Grande do Sul (5), Pernambuco (4), Rio de Janeiro (4), Mato Grosso do Sul (3), Santa Catarina (3), Paraná (2), Espírito Santo (2), Goiás (2), Rio Grande do Norte (1) e Maranhão (1).

No total, foram notificados 70 casos ao ministério, mas 12 foram descartados. Os demais diagnósticos ainda não foram confirmados. As infecções estão sendo monitoradas por uma Sala de Situação, criada pela pasta para apoiar as investigações e o levantamento de evidências para identificar as possíveis causas. O mecanismo conta com a participação de técnicos do Ministério da Saúde, da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e outros especialistas.

“Além do monitoramento, a medida vai padronizar as informações e orientar os fluxos de notificação e investigação dos casos para todas as secretarias estaduais e municipais de saúde, bem como para os Laboratórios Centrais. Cabe ressaltar que o aumento de casos notificados é esperado e não significa agravamento da situação, e sim de maior sensibilidade da rede de saúde em razão da criação da sala e da padronização do fluxo e da ficha de notificações”, informou o órgão, por meio de nota.

A pasta orienta aos profissionais de saúde e da Rede Nacional de Vigilância, Alerta e Resposta às Emergências em Saúde Pública do Sistema Único de Saúde (VigiAR-SUS) que suspeitas sejam notificadas imediatamente.

Fechado para comentários

Veja também

Reflexão do dia

Observem bem as suas muralhas, examinem as suas cidadelas, para que vocês falem à próxima …