Miguel Coelho decide prolongar decretos de quarentena em Petrolina por um período estipulado

Todos os decretos já publicados pela Prefeitura de Petrolina para suspender aglomerações com mais de 10 pessoas terão prazo estipulado. A decisão foi informada pelo prefeito Miguel Coelho, nesta quinta (26), em uma entrevista coletiva via redes sociais. O gestor ainda acrescentou que enviou à Assembleia Legislativa um decreto para instaurar situação de calamidade pública.

Segundo o prefeito, todas as restrições impostas pelo município terão renovação oficial na próxima terça (31), pois este era o prazo limite de boa parte das medidas de suspensão dos serviços. A proposta é publicar o novo decreto renovando a quarentena em Petrolina por período estipulado.

“Não dá para subestimar esse vírus, temos que prezar pela vida. É um cenário muito dinâmico e os casos de doenças respiratórias graves, inclusive, Covid-19 estão crescendo em nossa cidade. Sei que isso é um remédio amargo, mas a preservação de vidas está em primeiro lugar”, reforçou o prefeito.

Petrolina tem dois casos confirmados de Coronavírus e quatro de outras síndromes respiratórias agudas graves como Influenza e H1N1. Um dos pacientes está em estado grave, mas não há ainda o resultado do teste para saber se ele está com a Covid-19.

1 Comentário

  1. ANTONIO LISBOA

    27 de março de 2020 em 01:59

    É! essa geração provou que se tornou de fato uma geração Nutella.
    Nossos avôs e bisavôs devem está se revirando nós túmolos de tanta vergonha.
    Onde eles saíram para lutar no front e deixaram suas esposa e filhos em pró que estes estivesse hoje gozando da liberdade e livres da tirania e da fome, ver seus netos e bisnetos acorvadados diante de uma guerra onde preferem se esconder em casa e esperar a morte chegar e assim assistir a sua família morrer de fome, por não ter coragem de enfrentar a batalha e garantir o pão dos seus filho porque prefeito tal, governador tal caga nas calças ou porque politicamente é mais vantajoso pra eles. O povo dessa geração Nutella aceita covardimente.
    Agora pergunto se acontecer a terceira grande guerra? Quem vai para o front? Acredito que ninguém… Pois é melhor para essa geração Nutella morrer em casa teclando no celular… Que sair e lutar… prefiro morreu lutando e morrer com o Corona que sobreviver como um covarde em casa.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“Epidemia do abandono” : Animais sofrem sem comida e água em frente à rodoviária de Juazeiro (BA)

Um leitor entrou em contato com a redação do Blog Edenevaldo Alves nesta terça-feira (20),…