Menina de 6 anos é baleada e morre em tiroteio do Bope com suspeitos de tráfico em Porto de Galinhas

Uma menina de 6 anos identificada como Heloisa Gabrielle morreu, nessa quarta-feira (30), após ser baleada no peito durante um tiroteio entre policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e suspeitos de tráfico de drogas em Porto de Galinhas, na cidade de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife.

A Prefeitura de Ipojuca informou que a menina foi socorrida inicialmente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Porto de Galinhas.

No entanto, por causa da gravidade dos ferimentos, foi transferida para a UPA do Centro de Ipojuca. A menina, no entanto, não resistiu e morreu.

Depois do tiroteio, teve início um protesto nas proximidades da estrada que dá acesso à praia de Serrambi. O comércio na área foi fechado.

Por meio de nota, a prefeitura lamentou a morte de Heloisa. “Neste momento de profunda dor e pesar, a administração municipal se une à família e clama por justiça solicitando o empenho das autoridades policiais nas investigações”, publicou a gestão.

Já a Polícia Civil de Pernambuco informou que investiga as circunstâncias da morte da criança. “É prematuro, neste momento, fazer afirmativas”, informou a corporação.

“A PCPE vai se pronunciar após a conclusão dos trabalhos, que serão realizados com dedicação, técnica e isenção”, completou a polícia.

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que não irá se pronunciar sobre o caso neste momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Empresário de Petrolina (PE) receberá a mais alta comenda da indústria brasileira

O empresário Rafael Coelho, do Curtume Moderno, será um dos homenageados com a Medalha da …