Mendigo espancado por personal é convidado para ser candidato a deputado

O inusitado ‘veio aí’. Pelo menos quatro partidos políticos já sondaram o sem-teto baiano Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, para disputar uma vaga de deputado nas eleições deste ano. O morador de rua ficou conhecido após ser flagrado por um personal trainer enquanto mantinha relações sexuais com sua esposa. Givaldo foi espancado na ocasião.

Os convites, de acordo com a coluna Janela Indiscreta, do Metrópoles, ocorrem após a primeira fala pública do homem, que apresentou sua versão do caso em entrevista ao mesmo portal.

De acordo com as legendas, a ideia seria lançá-lo na disputa por uma cadeira na Câmara dos Deputados ou na Câmara Legislativa (CLDF).

Na entrevista, Givaldo garantiu que não houve violência durante o ato sexual, mas ele não imaginava que se tratava de uma mulher casada. Na versão narrada por Givaldo, ele andava tranquilamente pela rua quando a mulher se aproximou e gritou: “moço, moço. Quer namorar comigo?”

Ao ouvir o convite, o baiano titubeou, afirmando que não tinha tomado banho. “Moça, eu não tenho dinheiro, sou morador de rua. Não tenho dinheiro nem para te levar ao hotel. Então, ela disse: ‘Pode ser no meu carro’”, contou. (Correio*).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Granito (PE): Homem mata cachorro e ameaça os pais com foice

Um homem foi preso em Granito (PE), após matar um cachorro e ameaçar os próprios pais com …