Médicos residentes do Hospital Dom Malan/Imip entram em greve por tempo indeterminado

0

residentes

Médicos residentes iniciaram nesta quinta-feira (10) uma paralisação em todo país. Em Petrolina, o dia foi de mobilização na Praça do Bambuzinho, região central da cidade com a presença dos profissionais que atuam no Hospital Dom Malan/Imip.

Residentes de pediatria e ginecologia da unidade no município reivindicam por melhor qualificação e remuneração dos seus preceptores, aumento no número de cirurgias eletivas na área de ginecologia e melhorias nos ambulatórios.

“Esperamos uma adequação no numero de vagas para residentes em cada região dependendo da sua realidade e que exista uma avaliação mais rígida nos programas avaliando o sistema de residencias médicas, a situação em Petrolina é precária”, enfatiza a residente do primeiro ano em pediatria do Hospital Dom Malan/IMIP, Cinara carvalho.

Dos 14 residentes em Petrolina na pediatria, 6 aderiram o movimento e 4 estão de férias. Na área ginecológica, de 10 residentes, 9 cruzaram os braços.  Com isso, o atendimento aos pacientes fica sobre responsabilidade, apenas dos Médicos-chefes e dos estudantes de medicina.

No âmbito nacional, a categoria solicita melhorias na bolsa de residência médica que não sofre reajuste desde 2013. Eles aguardam agora uma proposta da Secretaria Nacional de Educação que ainda não definiu datas para acordos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Carreta quebrada na Ponte Presidente Dutra provoca extenso engarrafamento nesta terça-feira (01)

Um extenso engarrafamento ocorre no final da manhã desta terça-feira (01), na Ponte Presid…