Mecânico encontra recém-nascida em lixeira, no Cabo de Santo Agostinho (PE)

“Eu ia pescar na praia com um amigo, por volta das 4h30, quando ouvi um barulho. Quando me aproximei da lixeira, vi a bebê, que estava dentro de uma caixa de papelão, enrolada em um lençol. A menina ainda estava ensanguentada”, conta o mecânico Luiz Paulo Silva Santos, de 35 anos.

A médica que realizou os primeiros atendimentos disse que a criança passa bem, mas está  magrinha. “É uma ‘bebezinha’ bastante ativa, mas está bem magrinha. Ela está ótima e é uma ‘guerreirinha’ que veio para esse mundo lutando bastante”, conta Nathalia Duarte”.

Recém-nascida foi encontrada dentro de caixa de papelão em lixeira, no Cabo de Santo Agostinho — Foto: Reprodução/Acervo pessoal

O caso foi registrado neste domingo (13), na Delegacia do Cabo de Santo Agostinho e será instaurado um inquérito policial para apurar. Os pais da criança ainda não foram localizados.

A bebê  foi transferida para a Maternidade Padre Geraldo Leite Bastos, que fica em Ponte dos Carvalhos. A unidade é  referência em acolher recém-nascidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…