Maranhão confirma primeiros casos da variante indiana do coronavírus no Brasil

A Secretaria de Saúde do Maranhão confirmou, na manhã desta quinta-feira (20), os primeiros casos oficiais da cepa indiana (B.1.617) do coronavírus Sars-CoV-2 no Brasil.

Os pacientes diagnosticados foram seis tripulantes do navio Shandong da Zhi, que foi fretado pela Vale para entregar minério de ferro em São Luís, capital maranhense, e partiu da África do Sul.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta, o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, também presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), disse que seis dos 24 tripulantes do navio fizeram o teste genômico pelo Instituto Evandro Chagas. Todos testaram positivo.

No navio, 14 tripulantes estão com a Covid-19, sendo 12 assintomáticos e dois com sintomas leves. Um homem, indiano, de 54 anos, segue internado em um hospital particular de São Luís. Outras nove pessoas tiveram resultado negativo.

Ainda de acordo com o gestor, cerca de cem pessoas entraram em contato com os tripulantes que tiveram diagnóstico positivo. Essas pessoas deverão ser testadas e ficar em acompanhamento. Caso seja necessário, farão isolamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Ministério Público recomenda fiscalização para fazer cumprir medidas de restrição

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de justiça Rita de Cássia Rodrigues, …