Mais de 700 procedimentos cirúrgicos foram ofertados no primeiro dia do mutirão de catarata em Petrolina (PE)

O dia começou diferente para as pessoas que estavam com dificuldade de enxergar em Petrolina. É que na última sexta-feira (9), a Prefeitura deu continuidade ao mutirão de cirurgias de catarata, que vai ofertar mais de 2 mil procedimentos para a população com 50 anos ou mais. Na sexta, foi iniciada a etapa de cirurgias, que estão sendo realizadas na Policlínica do Hospital Universitário. Nesse primeiro dia, foram realizados mais de 700 procedimentos cirúrgicos, entre catarata e pterígio.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a catarata é responsável por quase metade dos casos de cegueira no mundo e só uma opção de tratamento é capaz de recuperar a capacidade visual: a cirurgia. O aposentado Miguel Leandro da Silva, estava animado e agradecido pela ação. “Eu estou muito empolgado, não enxergo bem de um olho e isso me incomodava para fazer as tarefas do dia a dia, como dirigir ou ler. Hoje estou realizando um sonho. A equipe merece nota dez. Está tudo bem organizado”, destaca.

Já a aposentada Cleia Maria Lima, destacou que seu sonho é voltar a enxergar sem esforço. “Com o tempo eu notei que minha visão começou a ficar embaçada, tenho dificuldade para me locomover no escuro. Agora, com a cirurgia, eu espero voltar a enxergar bem, quero ver até os mosquitos no teto. Pra mim é um sonho realizado”, ressalta. As cirurgias seguem até o domingo (10).

Catarata

A catarata é uma opacidade de lente natural do olho. As pessoas que têm o problema apresentam a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada; sensibilidade à luz e necessidade de maior iluminação para ler; a visão noturna torna-se mais fraca e as cores, amareladas.

Fechado para comentários

Veja também

Senado aprova criminalização de posse e porte de qualquer quantidade de droga

O Senado aprovou nesta terça-feira (16), em dois turnos, a proposta que inclui na Constitu…