Mãe se encontra com Daniel Alves após sentença e diz que filho está tranquilo, afirma defesa

A mãe de Daniel Alves, Lucia Alves, encontrou com o filho por 1h30 após o ex-jogador da Seleção Brasileira receber a sentença de 4 anos e 6 meses de prisão por estupro. Ela disse que ele estava tranquilo com a pena. A informação foi revelada ao g1, nesta quinta-feira (22), pela advogada Graciele Queiroz, que representa os parentes do baiano no Brasil.

“A mãe do Daniel ainda não tinha conseguido dar um abraço nele, até que, após a sentença, esse momento chegou. Ela passou 1h30 com ele, com muita tranquilidade e observamos que ele está tranquilo, até porque ele não cometeu crime algum”, disse Graciele Queiroz.

A advogada ainda afirmou que vai entrar com recurso e que acredita que Daniel Alves responderá ao processo em liberdade antes do fim da pena.

“Após a sentença cabe recurso, para poder solicitar a diminuição [da pena] e mostrar, com as provas, que não tem porque ele responder por esse crime. Porém, ele já tá preso há um ano e dois meses, então, entendemos que até o final do ano [seja liberado para responder em liberdade], devido ao bom comportamento. É uma pessoa que se entregou em livre e espontânea vontade. Tudo isso são atenuantes para facilitar, nesse momento, a saída do Daniel”, completou.

Segundo a defesa do jogador, Daniel Alves “acreditava fielmente em uma absolvição”, por causa do ‘in dúbio pro reo’ (“na dúvida, a favor do réu”, em tradução livre).

“Na dúvida, absolve, porque existem contradições ditas pela própria vítima. Sabemos que a Espanha passa por um momento de pressão trazida pelo caso ‘Lá Manada’. É muito difícil a gente prever uma condenação, mas a gente acreditava na absolvição”, contou Graciele Queiroz.

Ainda nesta quinta, a família de Daniel Alves pediu “respeito e compreensão diante do desafiador momento que atravessa”.

Ainda na nota, a advogada que representa a família do baiano disse que, embora a família estivesse preparada para uma possível sentença condenatória, “baseada em contradições e elementos de convicção subjetivos, sempre manteve a convicção da inocência de Daniel Alves”.

A advogada também enfatizou que a família está concentrada em assegurar que “os recursos cabíveis à decisão da justiça espanhola sejam bem fundamentados, buscando a liberdade do jogador e a posterior revisão da decisão”.

Nesta quinta-feira, a mãe de Daniel, Lúcia Alves, compartilhou uma publicação em uma rede social falando sobre a inocência do filho

A sentença foi anunciada pelo tribunal de Barcelona na manhã desta quinta-feira e diz que foi comprovado que o brasileiro agrediu e abusou da mulher no banheiro da boate Sutton, em 2022.

Fechado para comentários

Veja também

Governo de Pernambuco contrata empresa organizadora do concurso da Polícia Científica com 213 vagas

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (23), a contratação da empresa AOCP &#…