Mãe briga na justiça para conseguir medicação da filha autista e faz apelo comovente

Carmen Antunes da Silva, de 32 anos compareceu à redação do Blog nesta quarta-feira (28) para fazer um apelo.

A sua filha de 4 anos, Maysa Monielly Lemos da Silva tem autismo e precisa ganhar na justiça o direito à medicação que custa caro.

“Esse medicamento é caro. Dei entrada via judicial na Defensoria Pública da União no dia 26 de outubro para ter direito a receber constantemente a medicação, mas no dia 23 de novembro, a União me disse que agora isso compete a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco e terei que dá entrada em um novo processo. Não sei quanto tempo isso vai demorar e minha filha não pode esperar tanto”, relatou a mãe.

A medicação (Aristab 10 mg) custa em algumas farmácias R$ 500,00 (reais) e a criança ainda toma mais três medicações para tratar de problemas respiratórios. Caso consiga ganhar na justiça, Carmen terá direito a uma ordem para receber 30 comprimidos por mês.

“Enquanto eu não consigo ganhar na justiça, eu apelo de coração por doações dessa medicação porque o SUS só consegue 15 mg, é o único remédio que apresenta uma melhora no quadro dela, pois ela fica muito agressiva, se morde, e se irrita facilmente. Minha filha tem ainda uma possível suspeita de esquizofrenia”, disse.

Aos leitores do Blog, segue o endereço e contatos para doações:

Rua 07, Nº 245, Vila Marcela, Petrolina (em frente a Igreja Batista)

(87) 98866-2554

(87) 98854-1608 (whatsapp)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mourão nega impeachment, mas defende ‘freios’ se presidente arriscar o país

O vice-presidente do Brasil, general Hamilton Mourão (PRTB), falou sobre a possibilidade d…