Madeira da Mata Atlântica sem documentação legal é apreendida pela PRF em Gravatá (PE)

Uma carga de 6 m³ de toras que era transportada sem a documentação fiscal e ambiental foi retida, na quinta-feira (19), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 232, em Gravatá. O produto é proveniente da Mata Atlântica e havia saído de Amaraji, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, em direção a Caruaru.

Policiais realizavam uma fiscalização no posto da PRF de Gravatá, quando abordaram um caminhão carregado com toras de madeira. Aos policiais, o motorista informou que não portava a nota fiscal nem o Documento de Origem Florestal (DOF).

A carga foi encaminhada ao pátio da PRF e ficará à disposição do IBAMA, para a continuidade dos procedimentos legais.

Fechado para comentários

Veja também

Coluna Literária do Domingo

Há dor que mata a pessoa Sem dó nem piedade. Porém, não há dor que doa Como a dor de uma s…