Petrolina (PE): Linha de crédito para táxis e motoristas de aplicativo é anunciada pelo prefeito Miguel Coelho

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, lançou, na última sexta (25), uma linha de crédito especial para taxistas, motoristas por aplicativo e transportes complementares. O incentivo é destinado à compra e instalação do chamado kit gás. Miguel ainda anunciou o aumento da linha de crédito para a aquisição de motocicletas destinadas aos mototáxis.

A linha do kit gás é inovadora na região e será subsidiada pela Agência do Empreendedor. Com a chegada de pontos de abastecimento de Gás Natural Veicular (GNV) em postos de combustíveis de Petrolina em dezembro de 2021, a procura pela instalação dos kits aumentou por conta do menor custo em relação à gasolina e ao álcool. Porém, o valor do equipamento torna a instalação inviável para boa parte dos profissionais da direção. Isso motivou a criação da linha especial que disponibiliza até R$ 7 mil para os motoristas de Petrolina, com juros de 0,6%.

O prefeito também anunciou o aumento do valor de financiamento para a aquisição de motocicletas aos mototaxistas. A partir de abril deste ano, o valor concedido por linha de crédito para a compra do veículo será de até R$ 12 mil. “Essa é uma forma de melhorar as condições de competitividade e de lucro para esses trabalhadores. São pessoas simples e trabalhadoras que precisam apenas de um apoio. Com essas linhas de crédito, estamos incentivando os motoristas de transporte e ao mesmo tempo fazendo o dinheiro circular na economia”, destacou o prefeito.

Os interessados nas linhas de crédito podem entrar em contato com Agência do Empreendedor pelo telefone (87) 3861-8270. Os trabalhadores também podem negociar o financiamento na sede da instituição, na rua Castro Alves, nº 55, Centro de Petrolina. (Ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência energética a partir desta sexta (1º)

A partir de nesta sexta-feira (1º), todos os refrigeradores que chegarem ao comércio brasi…