Ligação clandestina: energia recuperada em fazenda de Casa Nova (BA) poderia abastecer 4,5 mil casas por 1 mês

Uma operação da Polícia Civil, com apoio da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), cujo objetivo é combater o furto de energia, foi deflagrada na quarta-feira (15), removeu ligação clandestina de energia em uma fazenda de Casa Nova (BA).

Segundo a Coelba, a energia recuperada na fazenda, produtora de manga, seria capaz de abastecer 4.500 residências durante um mês ou todo o município de Sobradinho por 10 dias.

Durante a operação, a ligação clandestina foi removida pelos técnicos da Coelba, e o proprietário da fazenda foi conduzido à delegacia. Ele pode responder por crime de furto qualificado.

Ainda de acordo com a Coelba, a ligação clandestina colocava em funcionamento duas bombas de água que ajudavam na irrigação do local. Na operação, foram removidos mais de 400 metros de fios e dois transformadores clandestinos.

A Coelba ainda destacou que, além da fazenda, outras nove residências se beneficiavam da ligação clandestina.

A distribuidora reforçou que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de prisão. Além disso, os “gatos” representam riscos para a segurança de quem os realiza e da população. As ligações clandestinas também prejudicam o fornecimento de energia da região, podendo causar graves problemas para a rede elétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em Cabrobó (PE), homem é detido após comprar carro roubado pela internet

Nesta terça-feira (26), um homem de 37 anos que estava em um carro roubado foi detido pela…