Líder comunitário Júlio Cesar diz que ação contra Domingos de Cristália faz parte do âmbito público e não pessoal

0

O líder comunitário Júlio Cesar, afirmou durante entrevista nesta sexta-feira (12),  ao Programa Edenevaldo Alves na Petrolina FM, que todo os procedimentos, até receber o resultado do mandato cassado do vereador Domingos de Cristália (PSL), foi um livro aberto para a sociedade.

Júlio Cesar relatou que a ação movida por ele contra Domingos não é uma questão pessoal, mas faz parte do âmbito público e a população tem esse direito junto ao Ministério Público.

Na ocasião, o líder comunitário ainda relatou as ameaças que sofreu e que formalizou todas elas na justiça. ” Isso está em boletim de ocorrência que fez parte de todo processo, a trajetória e elementos que fundamentaram toda a ação”, afirmou.

Questionado sobre uma nota emitida pela oposição, onde aponta que o líder comunitário realizou escutas telefônicas de forma ilegal, Júlio Cesar rebate e diz que todo procedimento foi realizado de nos conformes da lei.  “O telefone foi interceptado judicialmente, onde pode se adentrar em áudios, a fala do próprio vereador comprando a testemunha que não era minha e nem dele, mas do juízo e que iria apresentar de forma coercitiva” declarou.

Ele também afirma que essas escutas foram submetidos a perícia técnica no Instituto Criminalista em Recife e deu-se a comprovação. “Está aí de fato, quem realmente compra, ofertou defesa, dinheiro, 10 mil para que o caçambeiro pudesse mentir perante a justiça”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco: CCJ aprova projeto de Lei Complementar referente à previdência estadual

Nesta quarta (11), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alepe aprovou, por unanim…