Leituristas da Compesa Petrolina são capacitados para combater oAedes Aegypti

leituristas

Quinze leituristas da Compesa, em Petrolina, foram capacitados para atuar como agentes fiscalizadores dos focos do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chikungunya e zika vírus. O encontro aconteceu hoje(17), na Estação de Tratamento Vitória, no Distrito Industrial.

Ministrada pelo técnico da secretaria de saúde, Jailson Araújo, a capacitação garantiu informações básicas e essenciais sobre o cenário das doenças no Estado de Pernambuco e na região do Vale do São Francisco, as principais causas, sintomas e tratamento, além das situações comum de proliferação do mosquito.

De acordo com a assistente social da Compesa,em Petrolina, Lucy Calazans, esta foi uma das ações previstas junto ao comitê regional de enfrentamento ao mosquito Aedes aegyptis. “A nossa ideia foi munir esse grupo, que está diariamente em contato com a população, de informação, para garantir uma conscientização maior dos moradores de Petrolina”.

Para Jailson Araújo, a ação é muito importante, pois são mais agentes de informação na rua, focados neste combate. “Combater o mosquito é o nosso objetivo. Então estamos unindo a sociedade civil organizada, as instituições governamentais e não governamentais para ampliarmos este trabalho”.

A leiturista Marileide Gomes, diz que vai dar continuidade a uma atividade que já costumava realizar durante as visitas às casas. “Sempre que vejo algum foco, chamo atenção do morador. Agora vamos intensificar ainda mais. Esperamos contribuir com essa luta e conseguir ampliar este apoio”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Latam anuncia retomada das atividades em Petrolina a partir de novembro

A companhia aérea Latam anunciou nesta segunda-feira (2) o retorno das operações no municí…