Leitor Repórter: Falta de higiene na feira da Areia Branca pode colocar saúde da população em risco

Um leitor, que prefere ter a identidade preservada, entrou em contato com este Blog na manhã desta segunda-feira (21),  para denunciar as condições precárias de higiene na  feira da Areia Branca em Petrolina (PE).

O denunciante afirmou que a quantidade de lixos descartados irregularmente pelos próprios feirantes é vergonhosa. Salientou, também, a falta de higiene nos frises, balcões  e a quantidade de restos de  ossos deixados após o expediente.  “Lixos acumulado pelos próprios feirantes, frises e balcões cobertos de sujeira, ossadas e restos de carnes que os próprios feirantes deixam quando vão embora […] infestação de baratas a todo vapor”, assegurou.

O leitor ainda questiona a ausência do órgão fiscalizador e a falta de comprometimento dos feirantes em manter a higiene do local. “Cadê a Vigilância Sanitária ? Cadê o Ministério Público? Cadê os próprios feirantes com suas responsabilidades de higienização no seu próprio local de trabalho?” questionou.

Fechado para comentários

Veja também

“Faltou respeito ao patrimônio público”, afirma diretor-presidente da AMMA sobre derrubada de Tamareiras em Petrolina (PE)

Sobre a derrubada de Tamareiras na BR-428 em Petrolina (PE), o diretor-presidente da AMMA,…