Laudo médico revela que Arthur, neto de Lula, não morreu de meningite

0

A Prefeitura de Santo André descartou que Arthur Araújo Lula da Silva, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tenha morrido de meningite, conforme chegou a ser informado pelo Hospital Bartira. A criança de sete anos foi levada às pressas à unidade de saúde por volta das 7h20 de 1° de março, com febre, enjoo e dores abdominais.

À época, o hospital informou que Arthur morreu “devido ao agravamento do quadro infeccioso de meningite meningocócica”, às 12h36. Em nota divulgada pela prefeitura, um exame realizado no mesmo dia deu negativo para meningite. A Secretaria de Saúde de Santo André encaminhou os testes para o Instituto Adolfo Lutz, que também descartou a doença.

“As investigações foram finalizadas pela Secretaria de Saúde de Santo André, por intermédio do Departamento de Vigilância à Saúde, e segundo os resultados dos exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, foram descartadas: meningite, meningite meningocócica e meningococcemia”, informa a nota. Arthur é filho de Marlene de Araújo Lula da Silva e Sandro Luiz Lula da Silva, um dos filhos de Lula.

A Prefeitura, porém, ainda não informou qual a causa da morte. “Todos os procedimentos de proteção e profilaxia dos comunicantes foram realizados seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. Informações adicionais relacionadas ao caso dependem de autorização expressa da família da criança”, afirma o texto.

Visita

O ex-presidente, preso deste 7 de abril de 2018, foi autorizado a comparecer ao velório do neto, sob a condição de não fazer declarações públicas. A amigos e familiares, Lula disse que iria provar ao neto que não era ladrão. (AE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Jafel Filho nocauteia Vinícius Salvador e vence luta no Shooto Brasil

O lutador juazeirense Jafel Filho venceu a co-luta principal do Shooto 92 Brasil contra Vi…