Lagoa Grande (PE): Professores rejeitam proposta da prefeitura e cobram reajuste de 33,24%

Os professores de Lagoa Grande (PE) rejeitaram o reajuste salarial de 10,06% proposto pela Prefeitura Municipal. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do município (SINTELAG) realizou assembleia na segunda-feira para discutir a proposta e alegou que o percentual está abaixo do reajuste de 33,24% do Governo Federal.

“O prefeito propôs um reajuste de 10,06% e levamos para a apreciação da categoria que de imediato rejeitam a proposta e defenderam que seja cumprido o que manda a lei 11.738/08 que determina o cumprimento de 33,24%”, disse o Sindicato.

O SINTELAG informou que levará a proposta para o Prefeito Vilmar Capellaro e que espera que a demanda da categoria seja atendida.

Fechado para comentários

Veja também

“A temperatura deve chegar em torno de 15 graus no inverno”, diz meteorologista sobre clima no Vale do São Francisco

Os moradores de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) já sentem as temperaturas mais baixas desde…