Lagoa Grande (PE): Professores rejeitam proposta da prefeitura e cobram reajuste de 33,24%

Os professores de Lagoa Grande (PE) rejeitaram o reajuste salarial de 10,06% proposto pela Prefeitura Municipal. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do município (SINTELAG) realizou assembleia na segunda-feira para discutir a proposta e alegou que o percentual está abaixo do reajuste de 33,24% do Governo Federal.

“O prefeito propôs um reajuste de 10,06% e levamos para a apreciação da categoria que de imediato rejeitam a proposta e defenderam que seja cumprido o que manda a lei 11.738/08 que determina o cumprimento de 33,24%”, disse o Sindicato.

O SINTELAG informou que levará a proposta para o Prefeito Vilmar Capellaro e que espera que a demanda da categoria seja atendida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Lideranças da Mata Norte se reúnem em Paudalho (PE) para reforçar apoio a Miguel Coelho

O ex-prefeito de Paudalho, José Pereira, organizou, nesta sexta (27), um encontro com alia…