Laboratório de Diagnóstico Molecular de Covid-19 da Univasf soma 15 mil testes realizados na região

O Laboratório de Diagnóstico Molecular de Covid-19 da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) alcançou, na última sexta-feira (18), o número de 15 mil testes RT-PCR realizados desde que entrou em funcionamento, em agosto de 2020, por meio de um acordo de cooperação com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Pernambuco. O laboratório, que atua com apoio do Hospital Universitário (HU-Univasf/Ebserh), é o único no interior do estado a realizar exames diagnósticos do vírus Sars-Cov-2, utilizando a técnica RT-PCR e analisa as amostras provenientes dos sete municípios que fazem parte da VIII Gerência Regional de Saúde (Geres) do Estado.

Com capacidade para processar até 4 mil exames por mês, o laboratório da Univasf quadruplicou a capacidade de processamento prevista inicialmente. Durante os meses de janeiro e fevereiro de 2022, com a disseminação da variante Ômicron na região de Petrolina, foram registrados os maiores volumes de testes processados. De acordo com o coordenador, Rodrigo Feliciano do Carmo, professor do Colegiado de Farmácia, somente em janeiro foram analisadas 2.793 amostras, das quais 14,18% deram positivo para Covid-19. Já no mês de fevereiro, foram 1.957 amostras, com uma taxa de 38,7% de testes positivos, que confirmam a velocidade de transmissão da Ômicron.

Os 15 mil exames realizados pelo laboratório foram processados num período de 11 meses. Houve uma interrupção nas análises de janeiro a setembro de 2021, período que transcorreu entre o encerramento do primeiro convênio e a renovação do acordo de cooperação entre as partes envolvidas, cujo coordenador na Univasf é o professor do Colegiado de Medicina Anderson Armstrong.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Só 30% dos jovens até 24 anos tomaram 3ª dose de vacina contra Covid no Brasil

O Brasil patina no processo para conseguir imunizar a sua população acima de 18 anos com a…