Justiça veta decreto que busque extinguir Reserva Nacional do Cobre

0

A Justiça Federal do Distrito Federal vetou qualquer ato administrativo que vise extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), criada em 1984.

Na última semana, a extinção da reserva, que fica entre a divisa do Amapá e Pará, levantou polêmica. Após as críticas de ambientalistas e artistas, novo texto alterou em pouca coisa a ação que permitia a exploração de minerais no local.

A ideia pareceu uma afronta à proteção ambiental e o território protegido, repercutindo ainda um imenso prejuízo para a população do entorno. Na decisão tomada pela justiça, então, considera-se inadequada a pretensão do governo extinguir a área por meio de um simples decreto. Por se tratar de uma área especialmente protegida, qualquer alteração na Floresta Amazônica deve ser feita somente em formato de lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha em 5%

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (20) um reajuste de 5% no preço médio do Gás Liquef…