Justiça condena envolvidos em tentativa de roubo de avião em Salgueiro (PE) em 2018

A Justiça Federal condenou quatro integrantes de uma organização criminosa que praticava roubos a empresas de transporte de valores, após solicitação do Ministério Público Federal, em Salgueiro (PE).

Os envolvidos tentaram roubar R$ 10 milhões que eram transportados em uma aeronave que aterrissou no Aeroporto de Salgueiro, em setembro de 2018.  Na ação criminosa, seis homens foram mortos durante confronto com a polícia. O piloto da aeronave sofreu lesão corporal grave. O dinheiro seria usado para abastecer a rede bancária da região.

Os condenados Martins Simão dos Santos, Anderson Santos de Souza e Sebastião Barbosa de Amorim foram denunciados inicialmente pelo Ministério Público da Bahia (MPBA). Genildo Medeiros de Alcântara foi alvo de ação penal movida pelo MPF.

As investigações do MPF apontaram que Genildo era o braço direito do líder da organização criminosa e atuava como elo entre seus integrantes, tomando decisões e dando o apoio necessário às atividades do grupo, que se reuniu diversas vezes em sua residência.

Os quatro homens foram condenados pela prática dos crimes de roubo e organização criminosa.

O total das penas aplicadas a Martins Simão é de 57 anos e quatro meses de reclusão. A Anderson Santos e Sebastião Barbosa, foram imputadas penas de 59 anos, dois meses e 17 dias de reclusão, enquanto Genildo Medeiros foi condenado a 56 anos e oito meses de reclusão, além do pagamento de multa.(Fonte: Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

América Latina: Primeiro caso de varíola do macaco é confirmado na Argentina

O primeiro caso de varíola do macaco foi confirmado na América Latina na sexta-feira (27).…