Juazeiro:  Radialista apontado como peça acusatória do diretor do Saae é  ameaçado de morte

A polícia deve investigar uma pichação num  equipamento do centro de Juazeiro (BA), onde o responsável, ainda não identificado, faz uma ameaça ao radialista Waltermario Pimentel com a seguinte frase. ““Waltermário Bocão, você vai ser o próximo”.

O comunicador é uma das testemunhas do inquérito policial que aponta o diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), de Juazeiro (BA), Joaquim de Medeiros Neto no envolvimento da morte do ex-coordenador da Defesa Civil, Adalberto Gonzaga.

Segundo informações, Adalberto havia participado do programa de rádio de Pimentel e na ocasião teria feito denúncias de desvio de verbas da autarquia municipal. O ex-coordenador da Defesa Civil foi morto no mesmo dia, na porta da residência que morava.

(Foto: reprodução)

 rensa.

Fechado para comentários

Veja também

Prefeitura de Petrolina (PE) participa de encontro sobre Cidades Inteligentes em Porto Alegre

A Prefeitura de Petrolina foi representada através do gestor da Secretaria de Inovação e T…