Juazeiro (BA): Sindicato dos Bancários apura denúncia de assédio moral contra servidores da Caixa Econômica Federal

O Sindicato dos Bancários de Juazeiro e região está apurando denúncias de assédio moral contra servidores da Caixa Econômica. Segundo o SEEB, é cada vez maior o número de trabalhadores do banco diagnosticados com transtornos mentais causados pela cobrança de metas abusivas e assédio moral nos locais de trabalho. A sobrecarga de trabalho e exigências do cumprimento de metas também agravam a situação.

É importante lembrar que é considerado assédio moral toda ação, omissão, ordem, escrito, palavra ou gesto, praticado de modo direto, indireto ou subliminar, continuamente, dentro ou fora da repartição pública, mas, em razão do serviço, pelos agentes ou servidores subordinados ou não, que abusando da autoridade que lhe confere suas funções, com o objetivo ou efeito de atingir a paz, autoestima ou capacidade pessoal de realizar a sua função de acordo com o interesse público.

O departamento jurídico do Sindicato dos Bancários já está apurando as informações e documentos para acionar os meios legais a fim de garantir que todos sejam respeitados em seu ambiente de trabalho.

Os profissionais podem denunciar qualquer irregularidade no ambiente de trabalho na sede do sindicato, localizada na Rua Eduardo Brito, n 238, Centro de Juazeiro.

 

Fechado para comentários

Veja também

Codevasf: empresa de jovem de 21 anos fecha contrato de R$ 62 milhões, e CGU aponta risco de sobrepreço

Os contratos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Cod…