Juazeiro (BA) realiza ato público contra a Reforma da Previdência

0

Lideranças sindicais, trabalhadores/as rurais e urbanos e movimentos sociais de Juazeiro-BA, participaram, na manhã desta sexta-feira (22), da agenda de mobilização nacional contra a proposta de Reforma da Previdência.

As atividades do Dia Nacional de Lutas tiveram início logo cedo, com panfletagem no ponto das barquinhas. Em seguida, ocorreu o ato com discursos da população, contrários à proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, que prevê a modificação do sistema de previdência social.

A dirigente do Sindicato rural de Juazeiro, Regina Lúcia Vieira explicou que, com a aprovação da nova reforma da previdência, as mulheres trabalhadoras rurais, que se aposentam hoje com idade mínima de 55 anos, passarão a receber o benefício a partir do 60, igualando a idade aos homens. “A gente não aceita essa injustiça. Nós mulheres juntas, estaremos fortalecendo a luta dos movimentos sociais e sindicais. Seremos resistência, faremos o que for possível, para que essa reforma não passe dessa forma”, destacou a dirigente do STRJ.

Participaram do Dia Nacional de Lutas em Juazeiro o Sintagro, o STRJ, a CTB, a CUT, representantes da igreja católica, sindicato dos servidores públicos de Sobradinho, sindicato dos comerciários, Simposba, SINTASE, FETAG-BA, UABES, Sinergia, sindicato dos Bancários e lideranças partidárias do PT e PCdoB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polêmica: ‘Pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia’, diz Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, rebateu, nesta quinta-feira (22), os come…