Juazeiro (BA): Grupo acusado pela morte do policial civil no Rodeadouro é identificado

A Polícia Civil identificou e prendeu os suspeitos por envolvimento na morte do Investigador da PC, Hilberto da Silva Lopes em Juazeiro (BA).

No dia 23 de fevereiro desse ano, Hilberto foi morto a tiros enquanto trabalhava nas investigações do assassinato de uma mulher. Ele e outros policiais estavam no Povoado do Rodeadouro quando foi atingido pelos disparos efetuados pelos criminosos.

A Operação Unum Corpus cumpriu na terça-feira (18), 14 mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Na ação, foram cumpridas medidas cautelares em Juazeiro e Sobradinho, tendo ainda sido dado cumprimento à mandados de prisão no Conjunto Penal de Juazeiro, Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina-PE e nos Presídios de Serrinha e Feira de Santana.

O Grupo criminoso é investigado por tráfico de drogas é responsável por mais de 20  homicídios na região, alcançando os municípios de Juazeiro, Casa Nova e Sobradinho, na Bahia.

Foram cumpridos mandados contra:

▪️01 em desfavor de F. S. de O., o “PANDA”

▪️02 em desfavor de V. dos S. S., “BH”, “BRUXO” ou “TOSCA”

▪️02 em desfavor de A. M.de S.

▪️01 em desfavor de E.R.L., o “PEZÃO”;

▪️02 em desfavor de J.de L.S., “Senhorinha”;

▪️02 em desfavor de G.R.dos S., ” Dedezona”;

▪️01 em desfavor de M.P. de C.;

▪️02 em desfavor de V. de O.Q., cumprido em Gramado-RS, pela PCRS;

▪️01 em desfavor de A.da R.M..

▪️04 Prisões em flagrante de G.R. dos S., F. dos S. M., J. dos S. M. e F. dos S. M.

Fechado para comentários

Veja também

Duas carretas com 20 toneladas de carga sem nota fiscal são retidas pela PRF em Garanhuns

Duas carretas que transportavam cerca de 20 toneladas de confecção sem a documentação fisc…