Juazeiro (BA): Conselho homologa agricultores familiares no programa Garantia Safra 2020/2021

0

Através de convocação extraordinária foi realizada nesta quinta-feira (19), reunião on-line do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, que teve como pauta a homologação dos agricultores inscritos no Programa Garantia Safra.

Durante a reunião, o Conselho aprovou a homologação dos 3.026 agricultores que aderiram ao programa referente à safra 2020/2021.

Para aderir ao programa os agricultores devem: cultivar em áreas não irrigadas entre 0,6 e 10 hectares de milho, feijão, mandioca, algodão e arroz; possuir a DAP do grupo B, e renda bruta familiar mensal de até um salário mínimo e meio, excluindo a aposentadoria rural. Após a homologação dos inscritos, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), através da Prefeitura de Juazeiro, fará a vistoria das propriedades dos agricultores para comprovar se houve o plantio.

O programa tem como objetivo garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sistematicamente sujeitos a perda de safra em razão do fenômeno de estiagem ou excesso de chuva.

Segundo a secretária da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) e presidente do CMDRS, Elayne Borges, terão direito ao benefício os agricultores familiares que aderiram ao programa e sofrerem a perda da safra. “O beneficio será de R$850,00, pagos em cinco parcelas mensais, por família. A ação procura incentivar a produção agrícola na região, privilegiando os agricultores familiares, população vulnerável ao fenômeno da seca”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em outubro, quase 600 mil pernambucanos não adotaram medidas de restrição social, diz IBGE

Ao todo, 577 mil pernambucanos não adotaram qualquer medida de restrição de contato social…