Juazeiro (BA): Associação solicita intervenção da prefeitura após ação irregular de donos de bares às margens do rio, no distrito de Itamotinga

A Associação Comunitária Cultural Artística do distrito de Itamotinga (ACCARDI ) emitiu uma nota solicitando que o titular da  Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) de Juazeiro (BA), atenda uma demanda sobre a situação de degradação ao meio ambiente que vem ocorrendo  às margens do Rio São Francisco naquela localidade.

De acordo com a denúncia, donos de barracas situadas às margem do rio estão utilizando máquina retroescavadeira e  empurrando pedras e lixos, garrafas quebradas, árvores para dentro do percurso do rio, em tempo de cheia.

“A ação não só polui o local, coloca em risco também banhistas por conta de uma grande quantidade objetos cortantes e também alterando a sua arquitetura movendo grandes pedras que em períodos de cheia ficam submersas e arvores que estão ali há vários anos.  Para tanto gostaríamos de solicitar deste importante órgão uma intervenção tomando medidas cabíveis para o ordenamento e a preservação daquele patrimônio”, diz um trecho da nota.

A ACCARDI em parceria com a comunidade   realiza  há   5 anos vários mutirões de limpeza na margem do rio São Francisco em Itamotinga. Diante da situação  a associação reforça  o apelo. “Pedimos encarecidamente que a prefeitura mantenha o ordenamento desse patrimônio público e possa resolver esse problema o mais rápido possível”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Atos litúrgicos poderão continuar sendo realizados com lotação máxima de 30% da capacidade em Juazeiro (BA)

Continuam suspensos eventos e atividades, independentemente do número de participantes, qu…