Juazeirense faz último treino antes de viagem a São Paulo para enfrentar o Palmeiras

Sob o comando do técnico Barbosinha, a Juazeirense fez sua última atividade na manhã desta quinta-feira (28), antes de embarcar para São Paulo, onde disputará na Arena Barueri, o primeiro jogo da terceira fase diante do Palmeiras pela Copa do Brasil neste sábado, dia 30 às 21h.

Experiente e com grandes atuações em jogos deste nível, o goleiro Rodrigo Calaça falou sobre como o time deve se comportar diante do clube paulista: “Precisamos entrar com humildade, sabendo da qualidade e do poder ofensivo do Palmeiras, que é a equipe a ser batida na América. Temos que entrar com o pé no chão, correr, batalhar e fazer o nosso melhor nestes dois jogos” disse o arqueiro.

Para este confronto, Barbosinha convocou os seguintes atletas:

Goleiros: Rodrigo Calaça e Bruno Neri
Laterais: Dadinha, Daniel e Thalison
Zagueiros: Eduardo, Wendell e Emílio
Meias: Waguinho, Patrik, Clebson, Nildo Petrolina
Atacantes: Ian, Deysinho, Érico Jr, Thauan, Nixon e Anicete

Neto Baiano e Guilherme estão machucados e estão fora da lista.

JOGO DA VOLTA

O presidente Roberto Carlos chegou a um acordo e diante da inviabilidade do confronto da volta , que será realizado no dia 11 de maio, ser em Juazeiro, o Cancão de Fogo jogará no Estádio do Café em Londrina. Após tratativas com um grupo de empresários, a Juazeirense receberá um valor pela venda da partida, que ajudará nos custos do clube e claro, a folha salarial do time que gira em torno de R$ 300.000,00 mensais.

“Lamentamos do jogo não poder ser realizado em Juazeiro. Em nossa casa, estamos a quatro anos sem perder em competições nacionais. Jogar no Adautão nos dava muita confiança e o fato da torcida estar próxima de nós, nos ajudaria bastante, mas infelizmente não foi possível”. disse o Presidente Roberto Carlos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Até o momento, não há notificação de casos suspeitos da varíola dos macacos no Brasil

O Ministério da Saúde criou uma sala de situação para monitorar o cenário da varíola dos m…