Itaíba (PE): Coordenador de campanha tem casa invadida e é espancado

Eli contou à Polícia que a ação ocorreu por volta das 8h10 desta sexta-feira (6) e os agressores apontavam as armas em sua direção. Ainda segundo relato, sua esposa, Maria Madalena Bezerra, estava no quarto, quando o ouviu pedir socorro. Ela também ficou sob a mira de um dos bandidos, que teria dito: “Fique quieta aí, agora ele não vai mais pedir voto nem fazer essa política que vocês vêm fazendo, senão a gente acaba com vocês. Se saírem para pedir voto, vão morrer”.

O blog teve acesso a imagens que mostram graves lesões no corpo de Eli Tavares. Antes de ir à Delegacia de Polícia de Itaíba, ele se dirigiu ao Hospital Municipal João Vicente para receber o atendimento médico necessário. Membros da campanha da prefeita Regina Cunha imputam as agressões sofridas à disputa política na cidade do Agreste Meridional.

Diante deste caso, somado ao histórico de violência do município, a gestora procurou o Governo do Estado e a Polícia Federal. De acordo com uma fonte, em reserva, a expectativa é de que agentes da PF cheguem à Itaíba na próxima segunda-feira (9). (BlogMagnomartins)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): 161 acidentes com escorpiões são registrados em 2021

Com a chegada do verão e do período chuvoso, principal época de reprodução dos escorpiões,…