Irmãos confessam ter matado Dom Phillips e Bruno Pereira

Os irmãos Oseney da Costa de Oliveira e Amarildo da Costa Oliveira confessaram ter matado o jornalista britânico Dom Philips e o indigenista Bruno Araújo. A informação foi dada pelo jornal Band.

De acordo com a emissora, a Polícia Federal (PF) fará uma entrevista coletiva nesta tarde para detalhar o caso.

Osoney, que foi preso ontem (14), disse que ele e seu irmão mataram Dom Philips e Bruno Pereira no último dia 5, após serem flagrados pescando ilegalmente.

Segundo a emissora, Dom e Bruno foram rendidos e levados para uma vala, onde foram mortos e tiveram os corpos esquartejados e incendiados.

Mais cedo, a polícia levou Oseney, conhecido como “Dos Santos”, para o local de buscas por Bruno Pereira e Dom Philips.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Salgueiro (PE): Homem é autuado pelo porte de 90 comprimidos de “rebite” na BR-116

Um homem que portava 90 comprimidos de “rebite” foi autuado, na terça-feira (5), na BR 116…